POESIA

É vida e ar que respiro
Que servirei com amor
Até ao último suspiro!



SER POETA

É nada ser,
Sendo mais do que outros seres…
É amar tantos quereres
Por amor
Dum só querer|


Castro Reis, O Grito das Fragas, Edição do Grupo de Acção Recreativa e Cultural Semente Nova, 1983